• Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • YouTube

© 2017 by Thiago Matheus, Brasília. Proudly created with Wix.com

Please reload

Please reload

Please reload

Meu início no mundo dos vinhos

Como já falei para vocês em outra oportunidade, muitas pessoas pensam que comecei minha trajetória no mundo dos vinhos com rótulos super bacanas e caros. Mero engano, nem hoje é assim. Até os 25 anos a única experiência que tinha com álcool eram essas cidras e vinhos suaves que encontramos em qualquer mercadinho. Se me perguntassem o que era Cabernet Sauvignon era capaz de eu dizer que era um tipo de queijo. rsrs

 

Comecei a me interessar por vinhos de fato em viagens que fiz com minha esposa, ao Chile e Europa. Ao chegar nos restaurantes percebia como o vinho estava presente em quase todas as mesas. E aquilo era super natural!. A partir daí surgiu em mim o interesse experimentar aquilo. Era muito bacana ao abrir os menus dos restaurantes sempre encontrar o "vinho da casa" com uma boa qualidade e preço próximo ao de uma Coca-Cola (às vezes era até mais barato!). E ainda tinha diversas outras opções, mas como eu não conhecia escolhia o mais barato.

 

E foi experimentando mais desses costumes que meu interesse por vinho foi crescendo. Na volta ao Brasil, queria manter o hábito que tinha adquirido na

 

viagem, mas senti a necessidade de aprender mais sobre aquele mundo novo que ao mesmo tempo tinha tanta simplicidade e complexidade. Quando ia comprar algo era uma loucura, pois eram tantos vinhos diferentes, alguns com nomes quase impronunciáveis que era difícil escolher. Infelizmente, na época não existiam tantos sites ou blogs falando sobre vinho e não vi em nenhum lugar um “be-a-bá” com orientações de qual seria a melhor forma de iniciar essa trajetória. Então, tive que trilhar meu próprio caminho. No início, minhas escolhas eram um pouco na base de tentativa e erro. Mas depois de dedicar um tempo estudando o assunto em livros de grandes especialistas, deu tudo certo (thanks for the books Mrs Jancis Robbinson and Mr Hugh Johnson! :D).

 

 

Por tudo isso, sinto que a minha entrada no mundo dos vinhos foi como um mergulho de cabeça em uma piscina sem nunca ter feito aula de natação. Acabou que foi ótimo (principalmente porque não me afoguei, né!?), mas acho que não foi a forma ideal. Isso me motivou a criar esse Blog, pois acho que posso ajudar um pouquinho quem está começando e, claro, aprender com aqueles que já tem mais experiência.

 

Então, dou uma dica: se você não gosta de vinho ainda, mas se interessa por conhecer, comece aos poucos. “Braçada por braçada”. Pode ter certeza, se você der uma chance para essa bebida, escolhendo inicialmente aqueles vinhos que melhor se adaptem ao seu paladar (e claro ao bolso também), nunca mais vai deixá-la.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

ARQUIVO
POSTS RECENTES
TAGS
CATEGORIAS
Please reload

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon