Um Bordeaux de 1996...será que estava bom?


Bordeaux é a maior região produtora de vinhos da França. Sua produção está concentrada às margens dos rios Garonne e Dordogne, que, ao se encontrarem, formam o rio Gironde. Lá são produzidos alguns dos mais conceituados e caros vinhos do mundo. O #vinhododia vem de uma sub-região localizada à margem direita do Dordogne, Saint-Émilion. Lá os vinhos são dominados pelas uvas Merlot e Cabernet Franc e o solo é em grande parte calcário-argiloso. Muitos dos vinhos dessa região de Bordeaux são marcados por grande longevidade.

O Chateau Simard é um vinho que eu já estava curioso para experimentar há um bom tempo. Então, quando ele apareceu em promoção na evino por 139 pilas (geralmente custa o dobro disso), não pensei duas vezes. Mesmo sendo um vinhos de 22 anos achei que valia a experiência. Na taça, seus aromas eram em grande maioria terciários (decorrentes do envelhecimento), figo seco, chá preto e notas balsamicas foram aqueles que mais se destacaram. Com taninos já bem macios, apresentou até boa acidez para um vinho de sua idade. O vinho estava bem vivo, apesar de na minha opinião já ter passado do seu auge (talvez a uns 5 anos). Enfim, a experiência foi super interessante e me deixou com vontade de tentar uma versão um pouco mais jovem desse rótulo para explorar melhor seu potencial.

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
POSTS RECENTES
CATEGORIAS
TAGS
ARQUIVO