Um Pinot Noir de Central Otago

Tinha tempo que queria provar um vinho de Central Otago, Nova Zelândia. Em uma dessas viagens encontrei um pinot de lá e não exitei, trouxe para casa.

Central Otago fica localizado na ilha sul da Nova Zelândia e disputa com a Patagônia o título de região vinícola mais ao sul do mundo. Lá os vinhedos se localizam próximos à uma cordilheira de montanhas que vão de uma ponta a outra da ilha. Acima dos desfiladeiros do rio, em uma paisagem desafiadora, a Pinot Noir produz excelentes vinhos e ocupa quase três quartos da área vinícola da região.


Esse vinho é que bebi é da @akaruawines, um dos maiores produtores lá dessa região. E o danado estava delicioso e se mostrou um típico pinot de Central Otago, com aromas intensos de morango e framboesa frescos, notas de especiarias doces e um toque floral encantador. Seus taninos redondos e seu ótimo frescor fizeram a garrafa acabar como um passe de mágica. Sem dúvida ficou um gostinho de quero mais para conhecer outros vinhos dessa região da Nova Zelândia.


Dica: Comprei os queijos que acompanharam esse vinhaço na @capitalemporio. Só queijos de pequenos produtores, recomendo demais!!!



  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
POSTS RECENTES
CATEGORIAS
TAGS
ARQUIVO